terça-feira, 31 de março de 2009

Simplesmente feliz






Acabo de voltar do cinema. Fui sozinha, como tenho adorado fazer [só preciso de pipoca. se não tem pipoca, fico puta], assistir Happy-go-Lucky, ou Simplesmente feliz. Nhom nhom nhom! Adorei adorei, que filme bacaninha. O enredo é daqueles difíceis de explicar sem parecer um filme chato, já que não tem nada de extraordinário. Caí por aí em sites tentando explicar: 

Poppy (Sally Hawkins) é uma jovem professora de escola primária, e uma otimista incorrigível que difícilmente se chateia. Divide um apartamento com Zoe (Alexis Zegerman) sua melhor amiga e confidente. Poppy tem o dom de aproveitar ao máximo a vida. Determinada a aprender dirigir, ela encontra-se com Scott(Eddie Marsan), um instrutor ansioso e pertubado, que testará todo o bom humor de Poppy. Do Diretor Mike Leigh (Segredos e Mentiras) Simplesmente Feliz é uma comédia sobre diversão, procura de amores e aproveitar a vida.

Engraçado, eu discordo da parte "dificilmente se chateia". Poppy se chateia sim. Fica triste, fica puta, se machuca, tem problemas... Mas ela escolhe achar essas situações parte da vida, escolhe passar por elas como menor parte em relação às coisas boas. Poppy escolhe ficar feliz. Não é fácil, nem todo mundo nasce assim. Eu não nasci. Sempre olhei o lado ruim, muito mais que o bom. Mas de uns anos pra cá eu escolhi que seria diferente, escolhi que preferia ser feliz. E me vejo muito em Poppy, na sua bobeira interminável [caceta eu sou quase tão boba assim, só não tenho a mesma cara de pau haihahahii]. Problemas a gente tem todo dia. Não vivo ótima todo dia, fico triste, fico mal, fico de mau humor [ô se fico!], mas, no geral, eu to rindo. E vou te dizer... to muito bem assim =)

Um comentário:

Tits disse...

Pois é, eu também não sei ao certo o dia que estréia no Brasil! Mas provavelmente deve estreiar antes aí no Rio de Janeiro do que aqui na minha cidade.. o do Valentino, acho que não vai estreiar no cinema... temos que esperar!! Beijos!!