domingo, 27 de junho de 2010

Estilo Chiara Gadaleta

Já faz algum tempo que assisto ao programa Tanho Único do GNT. Acho divertido, é "moda simples pra quem não entende muito de moda nem sabe se vestir muito bem", mas está recheado de dicas interessantes, além de ser um programinha bobo pra passar o tempo. Acho legal também que um lema do programa é ajudar sem atolar a pessoa de dicas chatas, regrinhas, e sem querer transformar uma pessoa no que ela não é. Mas o que me chama muito a atenção desde o início foi o estilo de uma das apresentadoras, a Chiara Gadaleta. Ignorância minha à parte, eu sempre achei a Chiara uma atração extra do programa, sem saber que ela é ex-modelo, stylist, estilista... Resolvi pesquisar e descobri muito talento mesmo nessa moça. Acho o estilo dela bem incrível, eu nunca usaria, mas sempre a vejo com muita estampa de bicho, acessórios incríveis [que são da grife dela, Tarântula], sem contar que ela é muito fofa. Gostei de dar uma pesquisada nela, é legal admirar algum estilo, mesmo que ele seja totalmente diferente do seu. Chiara me inspira a ter mais ousadia dentro do meu próprio estilo [logicamente, quando é condizente com o local onde estou e quando tenho tempo, afinal, no dia a dia é difícil se produzir toda assim...]. Bom, fica a dica do programa e do trabalho dela, pra quem não conhece. Abaixo, uma descrição dela mesma sobre sua marca [retirado daqui]:

Foi na terapia que Chiara encontrou inspiração para mudar de ares e investir no design da sua própria grife. O nome Tarântula surgiu de uma conversa informal onde o terapeuta relacionou a sua personalidade com uma lenda do sul da Itália. “As viúvas mordidas por tarântulas ficavam loucas e iam para a rua dançar e exorcizar. Essa gesto as ajudava a tirar o veneno sexy do corpo delas. Como tinha uma ligação muito forte com fios e tramas, relacionei com as teias de aranha e pareceu o nome perfeito.”

Chiara investe todo o seu charme, atitude e personalidade forte nas roupas coloridas da marca. Com um forte apelo étnico e multicultural, as peças exibem sem pudor estampas de onça, zebra e cobra. “Minha roupa exacerba o feminino e é pra uma mulher que não tem medo de ousar. Ela veste onça, decote, laço, cor.” Os grandes acessórios - colares e pulseiras feitas com fios de seda retorcidos e pedrarias, tem espaço garantido em capas e editoriais de moda de revistas como Vogue, Elle e Estilo.

A Tarântula Noir é uma linha noite, voltada para mulheres de gostos variados. “A mulher Tarântula tem uma chaminha de exuberância, e ela incendeia. Ela tem atitude pra se sentir a vontade”, ressalta Chiara. A estilista aposta em peças amplas e confortáveis. Com inspiração nas femmes fatales como Sofia Loren e Dalila, ela cria modelagens inovadoras, destacando decotes tomara-que-caia e um ombro só em túnicas e capas. Os acabamentos das roupas são sempre preciosos e elaborados, como tudo no trabalho de Chiara Gadaleta.

















Um comentário:

reconvexo disse...

Olá, Diana, achei o seu blog em uma busca por turbantes. Haha. É um acessório que eu adoro, e ainda bem que cheguei aqui.
Adorei o seu blog e vou voltar outras vezes, ok?

Beijos,
Laís