terça-feira, 4 de novembro de 2008

Filme de terça







Assisti há poucos dias pela segunda vez o filme Moulin Rouge. Assisti pela primeira vez há uns anos atrás, e definitivamente foi como se eu estivesse vendo outro filme, já que eu sou outra pessoa. Da primeira vez que vi lembro que fiquei confusa, tentando sacar qual era a do filme o tempo todo, achando um pouco estranho a escolha das músicas e o nonsense geral. O filme é tão rápido e frenético que me deixava tonta. Dessa vez foi tudo o contrário: me deixei levar pelo frenesi de sensações, pelas estrelinhas e nuvens à lá contos de fadas, pela alegria e pelo amor gritantes. Também pela perda e pelo drama, mas enfim, acho que se fossem só flores não teria tanta graça. Flutuei com a direção, as cores, o realismo fantástico. Dessa vez, adorei. Realmente, a gente só consegue absover as coisas quando estamos prontos, e muitas vezes a ajudinha da interpretação dos outros é super bem vinda. Se você nunca viu veja, e se já viu quem sabe vale a pena ver de novo, não?

Um comentário:

child of the revolution disse...

come what may badassmotherfucker